Paris vai restringir o uso de automóveis no centro da cidade

No início do ano a prefeita de Paris, Anne Hidalgo, apresentou sua “lista de desejos para 2017”, que inclui os principais projetos a serem desenvolvidos este ano.

Um deles tem como objetivo melhorar a mobilidade no centro da cidade e leva em consideração várias iniciativas baseadas na recuperação dos espaços públicos para as pessoas (em detrimento dos automóveis), a promoção de energias renováveis e o cuidado com o meio ambiente.

As propostas foram pensadas como parte da estratégia para melhorar a qualidade do ar na capital francesa que, nos últimos meses, atingiu níveis críticos e impulsionou medidas extremas, como a gratuidade do transporte público até que a camada visível de poluição diminua.

Durante o anúncio dos projetos a prefeita resumiu o enfoque das propostas dizendo: “mais automóveis, mais contaminação, menos automóveis, menos contaminação.”

Nesse sentido, uma das principais propostas da administração é a abertura de um quilômetro da via paralela ao rio, entre a Place de la Concorde e a Pont Royal, apenas para pedestres e ciclistas, ficando proibida a circulação de automóveis neste trecho.

Além disso, há três outros projetos relevantes indicados no infográfico a seguir. Em azul, a ciclovia de mão dupla para a rua Rivoli. Em amarelo o percurso de um novo ônibus elétrico e em vermelho uma via que passará a ser exclusiva para ônibus e táxis.

 

A ciclovia da rua Rivoli tem como objetivo favorecer os deslocamentos de bicicleta no centro da cidade e reduzir o tráfego de automóveis pela metade.

Deste modo, a ideia é que esta rua comercial volte a ser um ambiente mais tranquilo e seguro para as pessoas, algo que se perdeu em meio ao ruído e poluição dos veículos.

A nova linha de ônibus elétrico é um projeto que poderia ser colocado em marcha a partir de setembro de 2018. Para isso, prevê-se um investimento de €35 milhões na construção das vias de mão dupla.

A primeira etapa compreende um trecho entre a ponte Saint-Cloud e a estação Lyon; a segunda fase continuaria por Bercy até chegar em Valle del Marne onde estarão as futuras estações do Grand Paris Express.

One Reply to “Paris vai restringir o uso de automóveis no centro da cidade”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.